• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 19 de setembro de 2021 21:13:38
Em Tempo Real
  • 28/05/2021 08h25

    CPI DA PANDEMIA: Governadores poderão recorrer à Justiça sobre convocação; eles poderão, também, recorrer ao comando da CPI

    Nessa quarta-feira, W. Dias informou que iria como “convidado”
    Foto: imagem de Streaming

    W. Dias falou sobre rumos da convocação feita pelos senadores

    ( Publicada originalmente às 21h 00 do dia 27/05/2021)

    (Brasília-DF, 28/05/2021) O governador do Piauí, Wellington Dias(PT), que preside o Consórcio Norte e coordena a questão de vacina no Forum dos Governadores, que tinha dito que iria a CPI da Pandemia se fosse “convidado” informou que os governadores já determinaram aos seus procuradores que estudem ações judiciais para impedir as convocações feitas pelos senadores. Ele lembrou que a medida teria impedimentos constitucionais e regimentais.

    “Os procuradores gerais de Estados/DF, estão trabalhando uma ADPF para que seja cumprida a Constituição e o próprio Regimento do Senado, que impede convocação de governadores e prefeitos, e para evitar o precedente, e deve constar com convocados ou não convocados. Procuradores estão preparando.”, disse.

    Ele disse que independente de ações judiciais os senadores estudam fazer um recurso a própria CPI.

    “O que não impede recurso à própria CPI, como fizemos quando aprovaram requerimentos para investigar aplicação com recursos dos Estados e Municípios. Ou mandato de Segurança ao STF, neste caso cabível aos “convocados”, disse.

    Ontem

    Nessa quarta-feira, 26, ao tomar conhecimento da aprovação das convocações, o governador W. Dias informou que ainda em abril Wellington Dias se colocou à disposição de forma voluntária aos membros da CPI para ir prestar esclarecimentos e informações que pudessem ajudar os trabalhos.

    Ele divulgou o requerimento que já existia para análise dos senadores em que o governador era convidado. Ontem, o requerimento foi transformado em pedido de  convocação.

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr.)