• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 05 de maio de 2021 22:35:55
Em Tempo Real
  • 22/02/2021 08h01

    MUDANÇAS: Bolsonaro, depois de mudanças na Petrobras, diz que haverá mais alterações na equipe governamental

    Veja mais
    Foto: José Dias/Planalto

    Bolsonaro no evento em Campinas

    ( Publicada originalmente às 13h00 do dia 20/02/2021) 

    (Brasília-DF, 22/02/2021) Este sábado, 20, teve mais novidades para o Governo Bolsonaro.

    Em Campinas(SP), por conta da cerimônia de formatura de alunos da Escola Preparatória de Cadetes (EspCEx), em que participou como convidado de honra, o

    o presidente Jair Bolsonaro( sem partido) anunciou que deve realizar novas mudanças em cargos do governo. Bolsonaro disse que precisa "trocar as peças que por ventura não estejam dando certo."

    Bolsonaro, em discurso, afirmou que há possibilidade de mais trocas na semana que vem, mas sem detalhes.

    “Tenho que governar. Trocar as peças que porventura não estejam dando certo. Se a imprensa está preocupada com a troca de ontem, na semana que vem teremos mais. O que não falta para mim é coragem para decidir pensando no bem maior da nossa nação.”, disse.

    Ele falou mais,  “Vocês aprenderão rapidamente que pior do que uma decisão mal-tomada é uma indecisão”, disse Bolsonaro aos jovens presentes no evento.

    A fala presidencial foi realizada um dia após ele anunciar a troca no comando da Petrobras. Na noite desta sexta-feira ,19, em postagem nas redes sociais, Bolsonaro compartilhou uma nota oficial do Ministério das Minas e Energia (MME) que informava a indicação do general Joaquim Silva e Luna para o cargo de presidente da empresa. Silva e Luna vai substituir Roberto Castello Branco, que está no cargo desde o início do governo, em janeiro de 2019.

    Em substituição a vaga deixada por Silva e Luna, que ocupava o cargo de diretor-geral brasileiro da usina hidrelétrica Itaipu Binacional, Bolsonaro indicou o general de reserva do Exército João Francisco Ferreira. O anúncio foi feito por meio das redes sociais do presidente, com uma nota do Ministério de Minas e Energia.

    ( das redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)