• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 30 de novembro de 2020 10:38:39
Nordestinas
  • 02/10/2020 16h40

    PLANALTO X GUARARAPES: Pernambuco não tem governo, diz Fernando Bezerra; ontem, ele disse que faltava diálogo entre o Governo de Pernambuco e o Governo Federal

    FBC está em Pernambuco nas campanhas municipais
    Foto: assessoria e redes sociais

    Fernando Bezerra em atos de campanha nos municípios de Pernambuco

    (Brasília-DF, 02/10/2020) A passagem do presidente Jair Bolsonaro pelo Agreste Penambuco sem a presença do governador daquele estado, Paulo Câmara, já está servido de motivo para intensa disputa política. Não é para menos, o senador Fernando Bezerra Coelho(MDB-PE), líder do Governo Bolsonaro no Senado, é hoje uma da lideranças nordestinas mais importantes na Capital Federal. Surge uma disputa agora o Palácio do Planalto e o Palácio dos Guararapes, sede do governo de Pernambuco.

    Ao comentar a situação das estradas estaduais, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirmou nesta sexta-feira ,2, durante visita a Inajá, no Sertão do Moxotó, que Pernambuco não tem governo. Ele ressaltou que a malha federal está bem cuidada, enquanto as rodovias estaduais estão em situação precária. Por isso, tem trabalhado pela federalização de alguns trechos.

    “Pernambuco não tem governo. Há seis anos, Pernambuco não tem governo do ponto de vista de cuidar. Como o estado não cuida da sua malha, estamos trabalhando para que algumas estradas que foram estadualizadas voltem para o governo federal. Essa é uma forma de ajudar, mas outra forma de ajudar é mudar o governo do estado. Encerrar esse ciclo político e inaugurar um novo ciclo em Pernambuco. Quem aposta na mudança no ciclo político no estado, o primeiro passo se dá na eleição municipal”, disse o senador durante entrevista.

    Em Inajá, Fernando Bezerra Coelho participou de um ato de apoio ao candidato a prefeito, Leonardo Martins (PP), junto com o deputado estadual Antonio Coelho (DEM) e o deputado federal Fernando Filho (DEM-PE).

    Na entrevista, Antonio Coelho lembrou os investimentos e articulações em benefício de Inajá, como a assistência técnica oferecida pela Embrapa, a volta do Banco do Brasil - a partir da instalação de dois terminais do banco para saques e depósitos - e a entrega de máquinas e equipamentos agrícolas, que somam R$ 1 milhão. “Espero poder voltar aqui para a perfuração de cinco poços, garantindo mais segurança hídrica para a população de Inajá. E se a gente conseguiu fazer isso tudo sem Leonardo na prefeitura, imagina o que podemos conquistar com um prefeito amigo”, destacou Antonio Coelho.

    Diálogo

    Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), criticou nessa quinta-feira ,1º, a falta de parceria e diálogo do governo de Pernambuco com a União. Durante visita ao município de Pesqueira, no Agreste pernambucano, o senador ressaltou que nenhum gestor consegue governar sem recursos e, portanto, deve estabelecer parcerias, independentemente da bandeira política que defende.

    “Quem dirige Pernambuco tem a responsabilidade de governar para 9 milhões de pessoas. E todo mundo sabe que Pernambuco não vive com os recursos que tem. Basta olhar as estradas esburacadas, a situação lamentável da Compesa e a saúde, que não paga nem o que deve aos municípios pernambucanos. Em vez de críticas, de agressão, o que cabia às lideranças de Pernambuco era fazer uma política de aproximação, de parceria com o governo federal para que as coisas pudessem avançar”, disse. “A eleição  municipal é o primeiro passo para iniciar um novo ciclo político em Pernambuco”, acrescentou.

    Ele falou em ato de apoio a candidatura de reeleição da Maria José (DEM), em Pesqueira. Também estavam o deputado federal Fernando Filho (DEM) e do deputado estadual Antonio Coelho (DEM).

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)