• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 18 de outubro de 2021 02:02:42
Humberto Azevedo
  • 27/01/2021 22h26

    Simone Tebet reafirma candidatura à presidência do Senado e apresenta compromissos

    Emedebista sul-mato-grossense destacou que além das iniciativas defendidas pelo seu principal concorrente, sua gestão focará em “priorizar projetos que facilitem o crédito e a renegociação de dívidas” das pequenas e médias empresas

    Primeira candidata mulher a presidir o Senado apresentou nesta quarta seus compromissos

    A senadora Simone Tebet (MDB-MS) reafirmou nesta quarta-feira, 27, que é candidata à presidência do Senado e apresentou compromissos de sua eventual gestão a frente daquela Casa legislativa.

    A emedebista sul-mato-grossense destacou que além das iniciativas defendidas pelo seu principal concorrente, o senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que conta com apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aos oposicionistas PT, PDT e senador Fabiano Contarato (Rede-ES), a sua gestão no comando do Senado vai “priorizar projetos que facilitem o crédito e a renegociação de dívidas” das pequenas e médias empresas.

    Além deste compromisso, Tebet ressaltou que seus demais compromissos são em “manter a harmonia entre os Poderes e defesa da democracia”, “seguir sempre a Constituição e o Regimento Interno”, “zelar pela soberania do plenário com a participação de todos os senadores” e “resgatar o protagonismo do Senado e o seu papel constitucional de Casa revisora”.

    “Com independência institucional, harmonia com os demais poderes e respeito à soberania do plenário, apresento-me como candidata à presidência do Senado Federal. A harmonia entre os poderes da República é o pilar da democracia brasileira, mas instituições fortes exigem independência para fiscalizar e aprovar leis que atendam aos interesses do país e das pessoas”, afirmou repetindo quase o mesmo discurso do seu rival, o senador mineiro Pacheco.

     

    Apoio de correligionário

    Tebet comerou, ainda, a declaração de apoio do senador Confúcio Moura (MDB-RO) a sua candidatura para presidir o Senado.

    “Nós acabamos de reunir o MDB com 13 membros do nosso partido, primeiro para a recondução do nosso líder Eduardo Braga a liderança do partido no próximo biênio e sobre a Simone Tebet, a nossa candidata, manterá sua candidatura firme, tranquila e esperamos vencer a eleição”, falou o emedebista rondoniense.