• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 28 de fevereiro de 2021 16:13:12
Em Tempo Real
  • 20/01/2021 07h43

    SUCESSÃO NA CÂMARA: Aliado de Arthur Lira, Marcelo Ramos minimiza decisão da direção nacional do Soliedariedade em apoiar Baleia Rossi

    Candidato à primeira vice-presidência da Câmara, na chapa do parlamentar alagoano, acredita que coligação que conta com o apoio do presidente Bolsonaro assumirá o comando daquela Casa legislativa com mais de 300 votos na primeiro turno
    Foto: Arquivo da Política Real

    Marcelo Ramos

    ( Publicada originalmente às 15h20 do dia 19/01/2021) 

    (Brasília-DF, 20/01/2021) O deputado Marcelo Ramos (PL-AM) minimizou nesta terça-feira, 19, a decisão da direção nacional do Solidariedade em anunciar nesta última segunda-feira, 18, apoio ao deputado Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara dos Deputados. Ramos é aliado do deputado Arthur Lira (PP-AL), que também é candidato a presidir àquela Casa legislativa.

    Candidato à primeira vice-presidência da Câmara, na chapa do parlamentar alagoano, o liberal amazonense acredita que a sua coligação, que conta com o apoio do presidente Jai Bolsonaro (sem partido), assumirá o comando da Câmara a partir de 1º de fevereiro, com mais de 300 votos já no primeiro turno, evitando que a disputa seja adiada para um segundo turno. Para se eleger presidente da Câmara é necessário ter o voto de no mínimo 257 deputados, metade mais um daquela Casa.

    “Quem decide a adesão à bloco não é direção nacional, por força do regimento interno, é maioria absoluta da bancada. Nós teremos a maioria absoluta da bancada e o SD estará no nosso bloco. Arthur terá mais de 300 votos. Não haverá segundo turno. Respeitamos todos os candidatos mas não vejo possibilidade de surpresas”, afirmou Ramos em resposta a reportagem da Política Real.

    Além de Arthur Lira e Baleia Rossi, são candidatos a presidir a Câmara os deputados André Janones (Avante-MG), Alexandre Frota (PSDB-SP), Capitão Augusto (PL-SP), Fábio Ramalho (MDB-MG), General Peternelli (PSL-SP), Luíza Erundina (PSOL-SP) e Marcel Van Hatten (Novo-RS).

     

    (por Humberto Azevedo, especial para a Agência Política Real, com edição de Genésio Jr.)