• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 18 de junho de 2024 03:33:45
Em Tempo Real
  • 24/05/2024 06h34

    GOLPISTAS: PF cumpre mais uma fase da Operação Lesa Pátria que atinge financiadores dos atos de 8 de janeiro; Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados

    Veja mais
    Foto: Portal Gov. Federal

    imagem da sede da PF, em Brasilia

    ( Publicada originalmente às 09h 29 do dia 23/05/2024) 

    (Brasília-DF, 24/05/2024) Na manhã desta quinta-feira, 23, a Polícia Federal (PF) deu sequência a vigésima sétima fase da Operação Lesa Pátria, com o objetivo de identificar pessoas que financiaram e fomentaram os fatos ocorridos em 8 de janeiro de 2023, em Brasília, quando o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal foram invadidos por indivíduos que promoveram violência e dano generalizado contra os imóveis, móveis e objetos daquelas Instituições. O foco foi em financiadores e fomentadores.

    Estão sendo cumpridos 20 mandados judiciais (18 mandados de busca e apreensão e 2 de monitoramento eletrônico – tornozeleira eletrônica), expedidos pelo Supremo Tribunal, nos Estados de Paraná (7), Goiás (1), Mato Grosso (1), São Paulo (7) e Rondônia (2).

    Pagando conta

    Foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Apura-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar à cifra de R$ 40 quarenta milhões.

    Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

    As investigações continuam em curso, e a Operação Lesa Pátria se torna permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais expedidos, pessoas capturadas e foragidas.

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr.)

     

     

     

     


Vídeos
publicidade