• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 19 de setembro de 2021 20:31:27
Nordestinas
  • 21/05/2021 14h59

    EX-PRESIDENTES: Lula e Fernando Henrique almoçam juntos em que o “cardápio” foi democracia, segundo Lula; FHC diz que votará no PSDB para presidência e que poderá votar em Lula, também

    Governador W. Dias comenta o encontro e destaca a importância da reunião entre líderes que pensam diferente
    Foto: Ricardo Stuckert Filho

    Fernando Henrique Cardoso e Lula se cumprimentam em almoço na casa de Nélson Jobim

    (Brasília-DF, 21/05/2021) A partir de uma articulação do ex-ministro Nélson Jobim, os ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva(PT) e Fernando Henrique Cardoso(PSDB) se encontraram em um almoço que foi divulgado na manhã desta sexta-feira, 21, na conta do Twitter do petista. Lula disse que o “cardápio” foi a democracia.  Lula disse, também, que foi tratado o “descaso” do Governo Bolsonaro com a pandemia.

    “A convite do ex-ministro Nelson Jobim, o ex-presidente Lula e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso se reuniram para um almoço com muita democracia no cardápio.

    Os ex-presidentes tiveram uma longa conversa sobre o Brasil, sobre nossa democracia, e o descaso do governo Bolsonaro no enfrentamento da pandemia. #equipeLula””, diz o pergil de Lula.

    O tucano Fernando Henriqeu Cardoso, já no início da tarde, publicou um tuíte para deixar claro que votará no PSDB em 2022, mas que poderá votar em Lula num segundo turno contra Jair Bolsonaro.

    “Reafirmo, para evitar más interpretações: PSDB deve lançar candidato e o apoiarei; se não o levarmos ao segundo turno, neste caso não apoiarei o atual mandante, mas quem a ele se oponha, mesmo o Lula.”, disse FHC no Twitter

    Repercussão

    O governador do Piauí, Wellington Dias(PT), presidente do Consórcio Nordeste e coordenador de vacina da Frente Nacional dos Governadores fez comentários sobre a reunião e salientou a importância do encontro de líderes que tem pontos discordantes mas defendem a democracia.

    “Lembro-me e presenciei o encontro do Presidente Fernando Henrique Cardoso quando este visitava a dona Marisa e o presidente Lula, quando ela estava internada e logo foi a óbito. São dois importantes líderes brasileiros que, independentes de posições diferentes sobre alguns temas e disputas eleitorais, juntos estiveram e estarão em temas importantes para o povo brasileiro. Num momento de tanto ódio, agressões e líderes querendo destruir o outro por disputas eleitorais, o diálogo entre estes dois ex presidentes, é um gesto grande, que amplia esperança e fé na democracia.”, disse , inicialmente.

    W. Dias afirmou, também, que a pauta nacional ganha corpo a partir deste encontro.

    “A pauta do povo brasileiro torna maior ainda a importância deste encontro. São dois líderes que tem destacado legado de serviços prestados ao Brasil. Eu me alegro, pois sei o quanto o Brasil e o povo brasileiro precisa de diálogo e entendimento para, em respeito à reais necessidades do nosso povo, nossa economia, nossa soberania e prioridade para o compromisso com desenvolvimento sustentável, cuidando de forma especial dos mais pobres e ainda de respeitosa relação ao internacional, é um passo muito grande e anima para outros passos”, finalizou.

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)