• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 30 de novembro de 2020 11:40:40
Nordestinas
  • 08/09/2020 07h30

    COMENTÁRIO DO DIA: Os nordestinos de volta!

    Ouça o comentário da Política Real
    FOTO: GRUPO AUTOMEC

    Tem uma turma engrenando marcha!

    ( Publicada oiginalmente às 09h 30 do dia 07/09/2020) 

    (Brasília-DF, 08/09/2020) Começa a segunda semana de setembro com o feriado do 7 de setembro.

    Não haverá festa na Esplanada. Bolsonaro anuncia manifestação à Nação à noite. No meio da tarde, Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que fará pronunciamento,também.

    Não haverá trabalhos nos poderes, claro, por conta do feriado. O Mercado também está fechado, no Brasil, ao menos.

    Contagem regressiva para o final das convenções partidárias que encerram no dia 16 de setembro.  

    Mas o que está se vendo é que a turma do poder no Nordeste engrenhou umA marcha, e que marcha!

    OUÇA AQUI

    LEIA AQUI

     

    COMENTÁRIO

    As convenções partidárias para as eleições municipais terminam em 16 de setembro. O Presidente Jair Bolsonaro não tem partido, o sucesso do auxílio emergencial está sendo usufruído pela sua nova base do Centrão.

    Os partidos dessa turma quase sempre são governo em Brasilia e nos estados comandados por partidos de centro-esqueda, que fazem oposição a Bolsonaro. Isso só existe no Nordeste. Uma combinação única. Boa parte da cúpula desses partidos é de nordestinos.

    Um dos ministros da moda é o nordestino Rogério Marinho. Nesses dias, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que em tese já era para estar tomando café frio, decidiu, para horror do enfraquecido Paulo Guedes, apoiar a tese de um Fundo de Desenvolvimento Regional dentro da reforma tributária. Guedes está dizendo que estão querendo espetar uma conta na Viúva.

    Ele não entende que está na Constituição Federal o enfrentamento das desigualdades regionais.

    Os políticos do Nordeste, que desde Getúlio Vargas tem sido fundamentais para o bem e o mal do Brasil, foram deixados de lado no início do Governo Bolsonaro.

    Passados 18 meses do novo poderoso, o poder nordestino volta com força total, seja no trivial, seja no estratégico.

    É a tal da Política!

    Foi Genésio Araújo Jr, de Brasília

     

    ( da redação)