• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 13 de dezembro de 2019 07:58:30
Nordestinas
  • 13/11/2019 07h40

    Itamaraty estará à disposição dos governadores nordestinos, garantiu Ernesto Araújo; chefes de governos do Nordeste querem suporte das embaixadas para atrair investimentos

    Gestores nordestinos seguem para Alemanha, China, Espanha, França e Itália onde pretendem fechar acordos que permitirão a vinda de empresas destes países para atuar na região
    Fotos: André Oliveira especial para a Política Real

    Ernesto Araújo em conversa com governadores nordestinos

    ( Publicada originalmente às 21h 11 do dia 12/11/2019) 

    (Brasília-DF, 13/11/2019) O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, disse nesta terça-feira, 12, que as embaixadas do país estão à disposição dos nove governadores do Nordeste que viajarão já na próxima semana para cinco países à busca de investimentos. A sinalização do chanceler brasileiro foi confirmada pelos governadores da Bahia, Rui Costa (PT) – presidente do Consórcio Nordeste, e do Piauí, Wellington Dias (PT).

    Os gestores nordestinos seguem à Alemanha, China, Espanha, França e Itália pois pretendem fechar acordos que permitirão a vinda de empresas destes países para atuar nos nove estados nordestinos. O foco, segundo eles, é buscar empresas que queiram ampliar os investimentos no país em todas áreas. No entanto, garantem, novas empresas serão convidadas a se instalarem, sobretudo, as que operam na exploração e produção de energia renovável.  Participaram do encontro ss governadores Paulo Câmara, Pernambuco, Rui Costa, Bahia, Wellington Dias, Piauí, e o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão Júnior.  O ministro General Luiz Eduardo Ramos, Secretaria de Governo da Presidência da República, também participou da reunião.

    Ernesto Araújo. General Luiz Ramos e assessores de frente com os governadores 

    “Considero importante a agenda que fizemos aqui. Os governadores do Nordeste, o Consórcio Nordeste, pela integração das ações. [Quando] vamos para uma agenda desta no comércio exterior, é o Brasil o nosso objetivo. É apresentar um mapa de oportunidades [para aqueles que] já são investidores desta região [que se encontram] na Europa e que investem no Brasil e investem nesta região [o Nordeste] e queremos ampliar o investimento”, falou Wellington Dias.

    “O nosso foco é isso. É acelerar crescimento. Garantir a geração de empregos e renda. [Também] a infraestrutura de energia renováveis nessa área de parcerias-público-privadas. Ou seja, há um Nordeste de oportunidades e queremos trabalhar exatamente integrado com as nossas embaixadas, com o Itamaraty e exatamente neste proposito de ajudar o Brasil através do Nordeste brasileiro”, complementou o governador piauiense.

    “Na semana que vem serão três países. A França, a Itália e a Alemanha. Temos depois uma outra data na Espanha, China. Mas hoje eu quero destacar é que nós reforçamos com o Itamaraty e nós estaremos lá fora representando o Brasil. Se não é todo o país, é esse sentimento nacional defendendo evidente a região Nordeste, chamando a atenção para grandes oportunidades que temos nos estados nordestinos”, comentou Rui Costa.

    Governadores posam com ministros em momento amistoso de registro 

    “É a primeira vez, algo inovador, que nove estados resolvem ir coletivamente se apresentar para empresários, fundos de investimentos e para governos [estrangeiros] dizendo da grande oportunidade que tem nessa região do Brasil. E nós viemos [aqui] para reforçar o convite para que o Itamaraty se faça presente. Aqui não está em discussão os debates políticos, ideológicos. O que está em discussão é a atração de investimentos para o Brasil, particularmente para a região Nordeste”, completou o governador baiano.

    (por Humberto Azevedo, especial para Agência Política Real, com edição de Genésio Jr.)