• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 13 de dezembro de 2019 09:13:07
Nordestinas
  • 07/11/2019 06h55

    CESSÃO ONEROSA: Leilão do Pré-sal arrecada R$ 69,9 bilhões, valor abaixo do esperado

    Petrobras e chinesas ficam com os blocos
    foto: Tribuna NF

    Plataformas de exploração devem aumentar com chegada de novos investidores para explorar o Pré-sal

    (Publicada originalmente às 15h 30 do dia 06/11/2019) 

    (Brasília-DF, 07/11/2019) Diferente do que se esperava, inicialmente em R$ 106 bilhões e nos últimos momentos chegou a passar de R$ 130 bilhões em algumas especulações, o leilão da sessão onerosa do Pré-sal acabou rendendo R$ 69,9 bilhões. O maior bloco , bloco Búzios, ofertado no leilão de hoje, no Rio de Janeiro foi arrematado por lance mínimo pelo consórcio formado pela Petrobras e as R$ estatais chinesas Cnodc e Cnooc. O outro bloco, Itaipu, foi arrematado pela Petrobras por R$ 1,76 bilhão.

    Nos leilões do Regime de Partilha, os lances são avaliados conforme o percentual de excedente em óleo que é oferecido à União. No caso do bloco de Búzios, era pedido um mínimo de 23,24%, participação que foi a oferecida pelo consórcio vencedor. O bloco Buzios, o maior, precisa ser pago até o dia 27 de dezembro.

    DIVISÃO

    Pelo que foi estabelecido em lei aprovada pelo Congresso, o  dinheiro será repartido entre o estado produtor, o Rio de Janeiro, e entre os municípios, unidades da federação, a União e a própria Petrobras, que precisa ser ressarcida pelo contrato de Cessão Onerosa, assinado em 2010.

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)