• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 18 de outubro de 2021 00:38:37
Em Tempo Real
  • 15/09/2021 08h12

    VACINAS: João Dória determina que doses interditadas de coronaVac pela Anvisa sejam substituídas

    Veja mais
    Foto: Flick do Governo de São Paulo

    João Dória em evento, hoje, em SP

    ( Publicada originalmente às 15h 54 do dia 14/09/2021) 

    ( reeditado) 

    (Brasília-DF, 15/09/2021) Nesta terça-feira, 14, o governador de São Paulo, João Dória(PSDB), determinou que o Instituto Butantan providencie junto à biofarmacêutica Sinovac novas doses da CoronaVac para substituir os lotes de vacinas que estão interditados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

    Já está cereto que nesta quarta-feira, 15, serã entregues as primeiras 6,9 milhões de doses ao Ministério da Saúde. Elas foram produzidas pelo próprio Butantan com IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) proveniente de fábrica na China certificada pela Anvisa.

    Mais

    Um novo lote com 5 milhões de doses prontas chegará a São Paulo na próxima semana e também foi produzido na fábrica da Sinovac vistoriada pela Anvisa. Desta forma, haverá uma solução prática para o impasse.

    “Não podemos ter doses bloqueadas em meio a uma pandemia. A população precisa de vacinas. Por isso, determinei ao Butantan o remanejamento de vacinas para suprir as que estão interditadas. Nós precisamos de celeridade. As novas doses virão de fábricas vistoriadas pela Anvisa para pronta aplicação”, disse Doria.

    O Instituto Butantan mantém uma força-tarefa em perfeito entendimento com a Anvisa para liberação dos lotes interditados. Até a liberação, o remanejamento das novas doses vai substituir cerca de 8 milhões de imunizantes com uso temporariamente suspenso.

    Proteção

    Ontem, 13, o Butantan informou que uma dose de reforço da CoronaVac aumenta em 17 vezes o nível de anticorpos neutralizantes contra a variante delta do vírus SARS-CoV-2 em quem já completou o esquema vacinal há seis meses.

    As conclusões estão no estudo A third dose of inactivated vaccine augments the potency, breadth, and duration of anamnestic responses against SARS-CoV-2, de pesquisadores da Academia Chinesa de Ciências, Universidade de Pequim, Faculdade de Medicina de Xangai e Sinovac, entre outras instituições, publicado na plataforma de preprints MerRxiv.

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)