• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 14 de novembro de 2019 01:16:31
publicidade


Nordestinas
  • 16/10/2019 07h46

    COMENTÁRIO DO DIA: Entre a verdade e a felicidade!

    Ouça o comentário da Política Real
    Foto: Epoch Times

    Entre um e outro. Vai ficar com quem?!

    ( Publicada originalmente às 11h 46 do dia 15/10/2019) 

    (Brasília-DF, 16/10/2019) Hoje é dia do Professor. Aquela profissão que todo mundo respeita, mas não se consegue dar um jeito de valorizar como deveria.

    Todo mundo fala da importância do professor, mas tem muita gente sem valor ganhando mais que essa gente que forma gente. A agenda do Presidente Jair Bolsonaro não tem muita coisa sobre a data. O novo ministro da Educação, Abraham Weintraub, não é muito bem visto e admirado pelo professores brasileiros. Já teve gente muito boa por lá que não consegiu grande coisa.

    Contrariando a Lei de Murphy, vamos torcer que desse pouco esperado venha algo. Mas, o dia promete e só se falava ontem do Supremo decidir sobre prisão em segunda instância e o futuro da Lava Jato.

    Tem a crise do PSL e outras mais, no entanto e aí?!

    OUÇA AQUI

    LEIA AQUI

    COMENTÁRIO

    Foram marcado para 17 de outubro  julgamento no Supremo de três ações que podem acabar com a prisão em condenação em segunda instância. Desde julho as revelações do site “The Intercept Brasil” vem colocando dúvidas se as decisões da Lava Jato foram justas.

    A população brasileira continua apoiando a Lava Jato.O ministro Sérgio Moro disso nessa segunda-feira no Estadão que não crê que as decisões da Lava Jato sejam anuladas em série.

    O problema da Lava Jato é que ela, diferente da Operação Mão Limpas  na Itália surgiu com o surgimentode uma grave crise cconômica, a pior que o Brasil vive desde a queda da bolsa de valores de Nova York em 29/30 do século passado.

    A Lava Jato nasceu em março de 2014. De lá para cá crescemos uma média de  meio por cento ao ano. Enrtre 2015 e 2016 enramos num abisco de 7.6% de queda do PIB.

    Sérgio Moro é um homem muito inteligente e teme que muitos achem que seu tempo passou.

    Ele disse a empresários no Forum Investimentos 2019, na semana passada, que o combate à corrupção não atrapalha a economia. Ele disse ontem no Estadão que a corrupção é disfuncional para a economia porque gera distroções na alocação de recursos.

    O problema da Lava Jato, hoje, é que ela mostrou onde estava errado mas não nos deixou mais felizes. Infelizmente, as pessoas não querem saber se estão erradas mas se estão felizes!

    Foi Genésio Araújo Jr, de Brasilia

    ( da redação)