• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 14 de novembro de 2019 01:28:01
publicidade


Nordestinas
  • 09/10/2019 07h42

    OLÉO NAS PRAIAS: Senador Alessandro Vieira cobra, em nota, que governador Belivaldo Chagas coordene gabinete de crise

    Veja a íntegra da nota
    Foto: Agencia Senado

    Senador Alessandro Vieira divulgou nota

    ( Publicada originalmente às 18h 42 do dia 08/10/2019) 

    (Brasília-DF, 09/10/2019) O senador Alessandro Viera(Cidadaina-SE) cobrou nesta terça-feira, 8, do governador do Sergipe, Belivaldo Chagas(PSD), que seja o coordenador de um gabinete de crise para lidar como organizador das demandas geradas pelas graves dificuldades que vários setores e agentes sociais estão sofrendo com o acidente ambiental que atinge as praias nordestinas, em especial do Sergipe, com chegada de óleo, por enquanto, ainda de origem desconhecida.

    Vieira disse que fez as cobranças ao Governo Federal mas qe é fundamental que Chagas delimite as  “as necessidades de todas as prefeituras atingidas, do Tamar, da Abih (hotelaria), do trade turístico, do próprio Executivo estadual e das comunidades de pescadores e marisqueiros”.

    Vieira, em nota, disse que já fez esse pedido diretamente ao governador Belivaldo. Veja a íntegra da nota divulgada:

    NOTA PÚBLICA

    Por conta do desastre ambiental gravíssimo que atingiu a costa nordestina, com maior dramaticidade no litoral sergipano, mobilizamos prontamente nossa equipe para se dedicar ao tema. Solicitamos a presença e o apoio do governo federal, por meio do Ministério do Meio Ambiente e do Ministério das Cidades. Cobramos esclarecimentos e ajuda material da Petrobrás. Articulamos a presença de especialistas para estimar o custo exigido pela operação de contenção de danos e limpeza. Estamos cobrando reiteradamente o cumprimento dos compromissos assumidos pelo Governo Federal e pela Petrobrás. Mas existem limites para a atuação como parlamentar.

    É preciso delimitar as necessidades de todas as prefeituras atingidas, do Tamar, da Abih (hotelaria), do trade turístico, do próprio Executivo estadual e das comunidades de pescadores e marisqueiros. É necessário, mais ainda, definir com clareza o gabinete de crise e fazer a COORDENAÇÃO das várias entidades envolvidas.

    Este é um papel do Governador ou de alguém por ele indicado.

    Vamos seguir prestando todo o apoio possível, mesmo sem ser solicitado para tanto, mas cobrando que cada um assuma sua responsabilidade, o que já fiz diretamente com relação ao Governador Belivaldo Chagas.

    Senador Alessandro Vieira

    ( da redação com informações de assessoria. Edição: Genésio Araújo Jr)