• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 21 de agosto de 2019 17:38:55
Nordestinas
  • 21/05/2019 07h31

    COMENTÁRIO DO DIA: São muitas as emoções!

    Ouça o comentário da Política Real
    Foto: site Ana Ramalho

    O brasileiro adora as emoções e não é só a música do "Rei" Roberto Carlos, mas será que não chegou a hora de um pouco menos?!

    ( Publicada originalmente às 08h 31 do dia 20/05/2019) 

    (Brasília-DF, 21/05/2019) O brasileiro é um povo que gosta de emoções fortes. Nossa formação como povo, uma grande mistura de culturas abaixo do Equador que adora novelas, chorar e ranger dentes.

    Temos um governo único, cheio de gente que talvez nunca se juntassem, e um presidente da Reppública que adora colocar cores fortes na cena.

    Esta semana teremos muitas emoções na cena política nacional, mas aqui pra nós depois de tantos solavancos e todos de barrigas vazias( pelo menos a maioria) não seria o momento de darmos um tempo em tantas emoções?!

    Pelo jeito isso não é uma unanimidade!

    OUÇA AQUI

    LEIA AQUI

     

    COMENTÁRIO

    Os últimos dias de maio nos reservam muitas emoções.

    O final de semana não deu trégua. Nosso Presidente abalou, divulgando texto em que sugere que o Brasil é ingovernável se não estiver envolto em conchavos. Tudo isso se dá sob momento em que o seu filho, o senador Flávio Bolsonaro, enfrenta quebra de sigilo fiscal face ao caso Coaf/Queiróz  e já é visto pelo Ministério Público do RJ como membro de “organização criminosa”.

    Nas próximas 3 semanas poderão caducar 11 medidas provisórias. Nesta semana ao menos 3 precisam ser votadas. A Câmara já decidiu que vai fazer uma outra reforma da Previdência. Para completar, teremos hoje mais uma divulgação de que nossa economia vai ficar ainda menor. Já se fala em estagnação ou depressão econômica.

    É impressionante que isso esteja acontecendo a um governo que tem menos de cinco meses!

    No próximo dia 26 de maio, apoiadores do Presidente Bolsonaro prometem fazer manifestação contra o Supremo e o Congresso Nacional, como se essa gente estivesse travando o Governo. Movimentos dos “amarelinhos” como o Vem Pra Rua e o Movimento Brasil Livre – MBL avisaram que não vao entrar nessa.

    O Brasil é um país que adora emoções fortes, mas nesse momento de penúria arrisco dizser que desejamos é que esse povo poderoso tenha juízo!

    Foi Genésio Araújo Jr, de Brasilia

    ( da redação)