• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 11 de dezembro de 2018 07:59:26
publicidade


Nordestinas
  • 10/10/2018 07h25

    NORDESTE: Bolsonaro, na luta nordestina, venceu na maioria das capitais; desafio, agora, é o interior da região

    Candidato do PSL venceu em Recife,Natal, Aracaju, Campina Grande, João Pessoa, Maceió e Arapiraca; ele ficou na frente de Haddad em Fortaleza
    Foto: Paraíba On Line

    Jair Bolsonaro em sua última vez em Campina Grande, onde venceu no domingo

    ( Publicada originalmente às 17h 11 do dia 09/10/2018) 

     

    (Brasília-DF, 10/10/2018) O candidato Jair Bolsonaro(PSL) vem falando de Nordeste desde quando se confirmou no segundo turno com a maior votação. Sua busca pelos votos dos nordestinos vem chamando atenção, apesar das lideranças nordestinas, e eleitos pelo PSL na região, virem se negando a falar sobre estratégias.

    O candidato do PSL tem razões de estar empolgado com uma melhor votação na região onde nasceu o Brasil. Ele venceu na maioria das capitais da região e nas grades cidades nordestinas. Bolsonaro só não venceu em Salvador, São Luis e Teresina.  O candidato do PSL, que perdeu no Ceará para Ciro Gomes(PDT), teve ampla votação em Fortaleza.

    No Rio Grande do Norte, onde a senadora Fátima Bezerra(PT) venceu a disputa em prmeiro turno, e vai disputar com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT), o ex-capitão venceu a disputa com destaque.  Bolsonaro venceu nas duas maiores cidades de Alagoas – Maceió e Arapiraca.  O ex-capitão venceu nas duas maiores cidades da Paraíba – João Pessoa e Campina Grande.  Bolsonaro venceu em Recife, capital de Pernambuco, terra de Lula.  Ciro Gomes venceu em Fortaleza e Juazeiro do Norte(CE), mas Bolsonaro ficou em segundo lugar em Fortaleza.

    INTERIOR

    Jair Bolsonaro ao insistir que não vai acabar com o Bolsa Famíli,  e que vai combater as fraudes, para dar espaço para mais pessoas favorecidas - mira o interior do Nordeste, região onde o candidato Fernando Haddad(PT) teve grande votação em todos os estados do Nordeste. Bolsonaro agora conta com a abstenção que tende a ser grande neste segundo turno, pois como na maioria dos estados da região não vai ter eleição no dia 28 de outubro os políticos ligados ao PT, e aliados, vão ter dificuldades de levar às urnas os eleitores. Existe uma tradição no Nordeste dos eleitores serem conduzidos à votação.

    Veja a votação nas cidades de Maceió, Arapiraca, Campina Grande, Recife,  João Pessoa e Natal:

     

    ( da redação com informações do Divulga TSE. Edição: Genésio Araújo Jr)