• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 19 de janeiro de 2018 01:30:58
Nordestinas
  • 21/12/2017 08h50

    “Sei que tenho sido repetitivo, mas salvar a Previdência é salvar o Brasil”, disse Temer, em evento que liberou verba para saneamento

    Governo volta a defender reforma no sistema previdenciário brasileiro e também investimentos em obras de saneamento
    Fotos: André Oliveira e Floriano Rios, especial para a Política Real

    Michel Temer falou na manhã desta quarta-feira

    ( Pub;icada originalmente às 12h26 do dia 20/12/2018

     

    (Brasília-DF, 21/12/2017) O presidente da República, Michel Temer, voltou a defender a necessidade de fazer a reforma no sistema previdência brasileiro, durante a cerimônia de assinatura de contratos do Programa Saneamento para Todos (Sanepar), na manhã desta quarta-feira, 20, no Palácio do Planalto.

    “Jamais vamos desistir da Previdência, e não vamos desistir pelo Brasil”, disse o presidente, durante o discurso.

    Ele comentou pontos do novo texto da Reforma da Previdência, que está previsto para ser votado pela Câmara dos Deputados no dia 19 de fevereiro de 2018.

    Convencimento

    Temer também pediu o apoio de prefeitos e parlamentares presentes no sentido de mobilizar suas bases no convencimento sobre os impactos positivos da reforma para o País e, principalmente, para a economia.

    “Sei que tenho sido repetitivo, mas salvar a Previdência do nosso país é salvar o Brasil. Neste mês de janeiro vamos continuar esclarecendo”, enfatizou Michel Temer.

    Saneamento

    Na cerimônia no Planalto, o presidente anunciou a liberação de R$ 1,571 bilhão para saneamento, pelo Programa Saneamento para Todos (Sanepar), por meio da caixa Econômica Federal.

    Documentos assinados no Planalto já com a presença  e "olharese" do Ministro Marun(foto: Floriano Rios)

    Temer avisou que há previsão mais liberação de recursos até o fim do ano. “A nossa verba para saneamento deste ano é uma verba significativa de R$ 6 bilhões e que ainda permanece R$ 2 bilhões que a Caixa Econômica está cuidando para liberar até dia 29 de dezembro”.

    Investimento

    O presidente destacou que investimento em saneamento é investimento em saúde. “Particularmente em favor da saúde. Quando cuidamos do saneamento básico os índices revelam um grande cuidado com a saúde, porque reduz enormemente a busca da população por saúde básica”, declarou. “Esse ano próximo vamos nos dedicar muito ao saneamento”, completou.

    Presente ao evento, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), afirmou que os recursos liberados pelo governo, por meio da Caixa, possibilitarão investimentos em 50 municípios do Estado. “Nesta área de saneamento em especial, os mais beneficiados são aqueles das camadas mais pobres da população”, destacou.

    (Por Gil Maranhão. Agência Política Real. Edição: Genésio Jr.)