• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 24 de novembro de 2017 11:02:02
Nordestinas
  • 18/05/2017 08h45

    NOVA CRISE – Romero Jucá diz que PT não valoriza delações, mas quando lhe interessa passam a ter valor

    Senador enviou declaração à imprensa através de sua assessoria
    Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

    Senador Romero Jucá em debate na comissão especial que analisa a MP 765/2016

    ( Publicada originalmente às 20h 51 do dia 17/05/2017) 

     

    (Brasília-DF, 18/05/2017)  O senador Romero Jucá(PMDB-RR), líder do Governo no Senado Federal e presidente nacional do PMDB, disse que não teve conhecimento sobre as gravações feitas pelos irmãos Wesley e  Joesley Batista, principais controladores da JBS ,que revelariam que o Presidente Michel Temer teria tentado comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha com recursos dos empresários, e salientou que o PT nunca valoriza delações premiadas, mas quando lhe interessa aí sim passam a ter validade.

    “Não falei com presidente. Não sei detalhes. Reformas serão votadas. Questões políticas serão discutidas.  Prematuro qualquer comentário.”, disse, inicialmente, informou sua assessoria.

    “Não sei de gravação, nem fita nem perícia. A maioria das delações o PT está descredenciando. Se envolve o PT, é desqualificada. Se envolve governo, é válida. Quem está  na vida pública deve explicações.”, finalizou.

    ( da redação com edição de Genésio Araújo Jr)