• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 25 de setembro de 2017 03:12:07
publicidade


Marcos Rosetti
  • 15/02/2016 15h17

    A crise e a eleição municipal

    E o que preocupa mais os pré-candidatos é a ausência de financiamento privado neste pleito.

    O país caminha para a pior recessão da sua história, mas o Congresso Nacional não está preocupado com isso, embora a solução esteja nas mãos de deputados e senadores. 

    Os congressistas estão mais preocupados é com o dia de amanhã. Mais precisamente o dia da eleição de outubro.

    Dados mostram que a economia brasileira só piora. Mas o que interessa para a maioria dos políticos é o poder. Foda-se a crise.

    A eleição municipal de 2016 está aí para provar que as prioridades estão invertidas.

    Pelo menos 150 deputados estão preocupados é com o que vão fazer, no ano que vem, com seus redutos eleitorais, fonte de poder e do capital político que carregam. São os pré candidatos.

    Os demais membros do Congresso estão direta e indiretamente envolvidos. Precisam marcar território para 2018.

    Perdem horas pensando se concorrem a prefeito ou apoiam algum aliado, geralmente inconfiável.

    E o que preocupa mais os pré-candidatos é a ausência de financiamento privado neste pleito.

    Há de ter que se inventar o Caixa 3. Mas por outro lado, as mudanças eleitorais privilegiam a campanha pela internet.

    Pela nova lei candidatos já podem pedir voto, mesmo sem realização de convenções partidárias, mesmo sem saber se serão de fato candidatos.

    Mas campanhas pela internet são gratuitas. Entre as principais mudanças da eleição deste ano, estão a redução do tempo de televisão, de 45 para 30 dias.

    A proibição das doações empresariais; com limite de gastos em campanhas. E a permissão aos candidatos de se apresentarem publicamente a qualquer tempo.

    Antes isso só era possível após as convenções partidárias. Dava até inegebilidade.

    Mas e a crise? Sem o poder do mandato será mais difícil passar por ela.

     

    Marcos Rosetti é jornalista em Brasília