• Cadastre-se
  • Equipe
  • Contato Brasil, 17 de novembro de 2018 23:33:32
Política de Brasília para Brasília
  • 09/04/2018 09h56

    Governo de Brasília anuncia comemorações em 10 regiões administrativas

    Veja onde serão os eventos

    Brasília vai completar 58 anos neste mês( Foto: wikipedia)

    O Governo de Brasília, o GDF como é mais conhecido, anuncia a descentralização dos eventos relacionados ao 58º Aniversário de Brasília que irá permitir a inclusão de diversos públicos à festa. Para isso, a programação se estenderá a dez regiões administrativas do Distrito Federal — antes e depois de 21 de abril. Nada de festa cara, dá entender o Governo Distriral.

    As atividades contemplam teatro, dança, cinema e música, com especial destaque para crianças e jovens. As ações estarão distribuídas nas seguintes regiões administrativas:

    Sudoeste

    Taguatinga

    Ceilândia

    Gama

    Santa Maria

    Recanto das Emas

    Plano Piloto

    Brazlândia

    Planaltina

    Sobradinho

    O objetivo é que mais pessoas tenham acesso às atividades, de acordo com a subsecretária de Políticas de Desenvolvimento e Promoção Cultural, da Secretaria de Cultura, Mariana Soares.

    “É a festa que Brasília merece, plural e diversa. Queremos descentralizar e diversificar a programação, com diferentes linguagens e diferentes públicos”, afirma.

    O repertório de ações é organizado pela Cia Voar de Teatro de Bonecos em parceria com a Secretaria de Cultura do DF.

    A entidade foi escolhida por meio de edital do Chamamento Público nº 19, de 25 de outubro de 2017, e publicado no Diário Oficial do DF.

    A festa conta ainda com participação de eventos parceiros, como o festival Quando as Ruas Chamam, do Serviço Social da Indústria do DF (Sesi-DF), em 14 e 15 de abril, em Ceilândia.

    O festival República Blues, de 18 a 21 de abril, no Complexo Cultural da Funarte, também se soma à lista de atrações.

    Como forma de dar mais visibilidade à pauta do movimento, o Abril Indígena contará com ações como oficinas, exposições e cine-debates.

    Até 28 de abril, o Memorial dos Povos Indígenas, no Eixo Monumental, recebe atividades conduzidas por representantes de etnias. A entrada é gratuita.

    ( da redação com assessoria)